Seguidores

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

“Voltar a Vestir de Verde a Gardunha”

Sem comentários:
“Voltar a Vestir de Verde a Gardunha”
Ação de voluntariado ambiental

- Podemos dizer: mais uma missão cumprida, venha a próxima.

Se por um lado, as dificuldades e o esforço físico vão nos marcando o corpo, também é certo que quando chegamos ao fim e verificamos que deixamos o mundo um pouco melhor (ainda que seja uma gota no oceano), que cumprimos as nossas obrigações e deveres para com esta “Casa Comum”, então ficamos com a alma cheia o coração ansioso pelo dia em que vamos realizar uma nova missão. 
Este é um desígnio de ser Escuteiro Adulto.

“Voltar a Vestir de Verde a Gardunha” aconteceu no passado 27 e 28 de outubro na Serra da Gardunha, Fundão e nós estivemos lá, de coração cheio, partilhando alegria e sã amizade.

Ao Núcleo do Fundão, organizador desta acção deixamos uma palavra sentida de apreço e gratidão pelo vosso trabalho e esforço. 
Bem hajam.



 

 






 

 




 
 



terça-feira, 17 de julho de 2018

7º ANIVERSÁRIO/TRIBUTO CHEFE PEIXOTO

Sem comentários:


Um Brinde à Amizade

Foi no passado dia 17 de junho que festejamos o 7º aniversário do nosso Núcleo, num ambiente de festa e partilha entre escuteiros, familiares e amigos. Ao mesmo tempo comemoramos a amizade, homenageando o nosso saudoso Chefe Peixoto, exemplo grande do que é ser amigo incondicional.

A atividade começou logo pela manhã com a Santa Missa na Sé Catedral, momento de encontro com Deus onde em família procuramos alimentar a nossa Fé, recuperar forças e pedindo ao Criador que nos acompanhe e nos ampare a cada um de nós e ao nosso Núcleo.

Após a Eucaristia e reunidos no adro da Igreja, cantamos os parabéns ao Núcleo, aconchegamos o estômago com uma fatia de bolo. Ainda que poucos mas grandes na determinação de levar o “barco a bom porto”, brindamos à saúde dos presentes e dos restantes membros do Núcleo, desejando muito sucesso para o próximo ano e para os desafios que iremos abraçar.

 

 
Sem fanfarras, paradas, bandeiras ou galhardetes, apenas com o sentimento de gratidão e profunda amizade, deslocamo-nos ao cemitério de Santa Iria, onde prestamos uma singela mas sentida homenagem ao nosso Chefe Peixoto. Foi na humildade das palavras e dos gestos que lembramos este nosso Irmão e Amigo, que estará para sempre nas nossas memórias e corações.


Porque a vida é assim mesmo e o corpo carece de alimento, terminamos as comemorações ao redor da mesa, onde entre o pão, o vinho e outras iguarias trocamos lembranças, ideias e propósitos e acima de tudo partilhamos amizade.

 

 



Feliz Aniversário NCVR

BOA CAÇA

quarta-feira, 7 de março de 2018

PROMESSAS 2018

Sem comentários:
Já somos mais, somos maiores e melhores!



 2018 começou da melhor forma para o Núcleo Cidade de Vila Real, com a primeira atividade do ano, o Criar Raízes (que se realizou no primeiro fim-de-semana de fevereiro), a contemplar as Promessa de quatro novos membros!!!

A cada novo lenço castanho que impomos, sentimos uma alegria imensa, porque temos a confiança de que os ombros que os sustentam são merecedores, são capazes de suportar o “peso” da responsabilidade de ser um verdadeiro Escuteiro Adulto.






No Figueiredo, no Jorge, na Lina e na Mariana, reconhecemos as potencialidades e as características de quem tem muito a dar a Associação, aos outros, a cada um de nós. Essa certeza advém do perfil mostrado por todos ao longo dos primeiros passos que deram enquanto elementos do Núcleo Cidade de Vila Real, que incluíram a participação no Curso Base ministrado pela equipa de formação da FNA.

Apesar de sermos um Núcleo ainda jovem, estamos empenhados em contribuir ativamente para o crescimento da Associação. Um crescimento sustentado e focado na premissa da qualidade dos seus novos membros, e não apenas na quantidade.



 








Acreditamos que todos somos responsáveis pelo futuro da FNA, todos devemos ambicionar uma associação maior, melhor, mais capaz e estruturada, uma FNA voltada para o futuro!!

Depois de mais estas promessas, esperamos que o espírito de BP e a Luz de Cristo continuem a fazer com que o caminho do Núcleo Cidade de Vila Real se cruze com o caminho de mais homens e mulheres de boa vontade, pessoas que possam enriquecer as nossas vivências e fortalecer o nosso compromisso para com o Movimento Escutista.

BOA CAÇA

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Criar Raízes VII: Um Alvão cada vez mais rico!

Sem comentários:
 Voluntariado Ambiental

Mais uma vez a Fraternidade Nuno Álvares respondeu a chamada para participar no Criar Raízes, uma iniciativa anual de voluntariado ambiental que conta com o apoio da Direção Nacional da FNA e do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, e que somou este ano mais de 70 participantes de vários pontos do país. 



No total, foram plantadas 1.200 árvores, entre freixos, amieiros e salgueiros, nas margens do rio Olo, em condições extremas onde as dificuldades foram grandes mas com a nossa força, vontade e determinação conseguimos levar a bom porto. Esta acção visa o equilíbrio do ecossistema ribeirinho nomeadamente no adensamento ripícola com arvoredo daquele tão importante curso de água que atravessa o Parque Natural do Alvão.












A atividade envolveu ainda uma visita ao Posto Aquícola do Torno, no Marão, um dos mais antigos e mais produtivos do país, onde os participantes puderam conhecer melhor o processo de criação de trutas, um esforço dos serviços de ambiente para, por exemplo, repovoar os rios da região norte.  










Para a realização desta atividade, além da parceria imprescindível do ICNF, através do Parque Natural do Alvão, e da Direção Nacional da FNA, através do Departamento de Ambiente, o Núcleo Cidade de Vila Real pode contar com o apoio logístico de algumas empresas locais, nomeadamente a Padaria Doce Fresco (que garantiu um desconto no pão), o Restaurante Grill O Costa (que garantiu um desconto nas refeições) e as Frutas Normando (que ofereceu as frutas).

Não podemos deixar ainda de manifestar o nosso agradecimento a outras instituições, nomeadamente, ao Sport Clube de Abambres (que cedeu os balneários), à União de Freguesias de Borbela e Lamas de Olo (que cedeu o espaço para o almoço de sábado), à Junta de Freguesia de Ansiães (que cedeu o espaço para o almoço de domingo e encerramento da nossa atividade), ao Centro de Recuperação de Animais Selvagens (CRAS) do Hospital Veterinário da UTAD (que nos acompanha já lá vão algumas edições e que de uma forma sempre especial abrilhanta a nossa ação de voluntariado ambiental e sensibiliza cada participante para as questões da natureza e como atuar quando nos deparamos com um animal selvagem que precise de cuidados) e muito especialmente ao sr. Norberto que mostrou a sua disponibilidade e amizade. 













De sublinhar também a participação ativa do Departamento de Radioescutismo da FNA, que trouxe para a atividade a utilização do radioamadorismo como uma ferramenta ao nível das comunicações durante os trabalhos no terreno. Esperamos que esta experiência se repita!

Se quando estamos na Natureza estamos mais próximos de Deus, quando a tratamos com humildade e gratidão, cuidado e devoção, mostramos o nosso respeito, confiança e amor por Aquele que tudo criou.

Assim foi em mais uma edição do Criar Raízes. Juntos nos aproximamos de Deus, demos o que podíamos, o melhor de nós, aceitando as condicionantes e dificuldades que encontramos no caminho. Partilhamos sorrisos, abraços, canhotas e acima de tudo amizade. 





Da nossa parte, Núcleo Cidade de Vila Real, fica o sentimento de extrema de felicidade por termos conseguido completar mais uma missão, por vos ter recebido, por termos conseguido CRIAR RAÍZES mais fortes!

No rescaldo da atividade, sabendo que nem tudo foi perfeito e assumindo os erros que não conseguimos evitar, as pedras que não conseguimos desviar, comprometemo-nos a aceitar as críticas e sugestões, como é nosso apanágio, e, como sempre, a dar mais e melhor… a trabalhar desde já para um CRIAR RAÍZES VIII ainda mais mágico.

Criamos raízes… por um mundo melhor!

BOA CAÇA


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...